slide

menu em imagem

Image Map

Use #colecionadoresdelivros no Instagram

[Resenha] A Garota no Trem - Paula Hawkins

Livro: A Garota no Trem
Autora: Paula Hawkins
Páginas: 378
Editora:Record
Sinopse: Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d’água, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Jason –, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida.
Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos.
Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, A garota no trem é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.

Adoro quando um livro me surpreende. Quando ele me prende de um jeito que não quero mais largar, quero continuar lendo até as últimas linhas em um suspiro só.



A garota no trem me deixou assim, fissurada na leitura.

Rachel é a nossa protagonista. Divorciada, viciada em álcool, mora de favor na casa de uma amiga, Cathy, que a acolheu depois do divórcio. Todos os dias Rachel pega o trem para se deslocar até o seu trabalho e todos os dias passa em frente da sua antiga casa.

“Morei no número 23 da Blenheim Road por cinco anos, onde fui extremamente feliz e desesperadamente infeliz. Não consigo nem mais olhar para ela. Aquela foi minha primeira casa. Não a dos meus pais, não um apartamento compartilhado com outros estudantes, minha primeira casa.”

Sempre que passa por esse trajeto, Rachel observa um casal que mora próximo à sua antiga casa. Ela fica tão obcecada por esse casal que até cria histórias em sua cabeça sobre a vida deles. Ela os chama de Jason, “porque é tão bonito quanto um astro de cinema britânico”, e Jess, “simplesmente combina com Jason”.

“Eles formam um par, uma dupla. São felizes, está na cara. São o que eu era, são como Tom e eu éramos, há cinco anos. São o que eu perdi, são tudo o que eu quero ser.”

A vida vai seguindo até que Rachel presencia algo estranho. Logo depois, recebe a notícia de que Jess, a moça que ela sempre observava quando passava de trem, está desaparecida.

Não dá pra entender o porque Rachel fez o que fez quando soube do desaparecimento da moça. Ela simplesmente foi oferecer ajuda e meter o nariz onde não foi chamada. E, com isso, sua situação vai se complicando de uma forma que ela nem poderia imaginar.

Talvez fosse porque a vida dela já tivesse um saco, sem nada de interessante acontecendo e ela só queria sentir como se fizesse parte de algo maior. Talvez fosse porque ela quisesse ajudar de alguma forma, dar sentido à vida vazia que estava tendo. Talvez fosse apenas pra ficar perto do seu ex-marido (que mora bem perto da casa de Jess).

Por falar em ex-marido, Tom, já está casado com Ana. Os dois já tem uma filhinha. Ana também narra a história em vários pontos, contando o quanto é difícil ser a atual esposa ocupando a casa onde a ex morava. O quanto é preocupante que a Ex-esposa apareça vez ou outra, bêbada. Ela teme pela segurança da filha.

Sim, por vários momentos eu fiquei com raiva de Rachel, gritei pra ela “sair daí”, virar a outra rua, tomar outra direção. Por várias vezes ela fez as piores decisões possíveis.... e por isso o livro é incrível. Eu não imaginava o final, nem suspeitava.

É de tirar o fôlego (tirou o meu, pelo menos).

Está nos meus favoritos do ano. E já estou nas alturas porque vai ter fiiiiiilme!!!

Aqui está o trailer, pra quem quiser assistir.

Não posso comentar sobre a estrutura física do livro, pois li no kindle (que por sinal estou amando!). Falei um pouco sobre os prós e contra do kindle AQUI.

Bom gente, é isso. O livro é bem intenso, maravilhoso. Não quero me alongar na resenha, quero deixar que vocês sejam surpreendidos ao lerem, como eu fui.

Beijos, até a próxima!



16 comentários:

  1. Respostas
    1. ahh, entrega não! kkk o final é BEEM SURPREENDENTE!
      Beeijos.

      Excluir
  2. Esse livro é MARAVILHOSO, eu amei de mais!!!! Estou louca pra estréia do filme, um dos melhores thiller que já li.

    Beijos
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fran, esse thriller realmente é um dos melhores que já li *.*
      Louca pela estréia também haha

      beijos, jeh

      Excluir
  3. Pela capa do livro, eu não tinha noção do quanto o livro era forte! parece incrivel!! Nãos eis e tenho coragem de ler o livro, sou tão sensível que acho que não dormiria de noite kkkk Mas com certeza vou ver o filme :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, tudo bom? Mulher o livro não é assustador não. Ele só prende a gente!!
      Veja o filme siiiiim

      Beijão
      Obrigada pela visita

      Excluir
  4. Oi Jessica, tudo bom?
    Tô MUITO ansiosa pra ler esse livro e também pelo filme. Parece o tipo que vai me deixar grudada na cadeira do início ao fim!
    ASKHAOUGAOUGAOUGOAUBO amo finais surpreendentes em thrillers, só pra deixar a gente com o queixo caído.
    Amei sua resenha.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise, tudo bom?
      é bom bom bom!!
      Paaare o que tiver lendo (que exagero!) e vá ler logo esse livro kkk
      Obrigada pela visitinha, beijos

      Excluir
  5. Esse é um daqueles livros que eu não sei se leio ou não kkkkk estou em cima do muro. Porém caso eu escolha ler vai me tirar totalmente da minha zona de conforto, já que nunca li nada do gênero. Parabéns pela resenha, beijos ♥️

    Blog Literário 2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu particularmente gosto muito desse gênero!
      Valeu muuuito a pena ler <3
      ♥️
      Obrigada pela visita!!

      Excluir
  6. Adoro thrillers! Adoro ficar super apreensiva sem saber o que vai rolar. Eu gosto de ler um livro pra mee surpreender, me ensinar algo novo ou me trazer um sentimento bom. Cansei das histórias clichês sabe? E até no thriller tem um monte dessas. Pelo que as resenhas falam, esse livro é bom. Gostei da sua resenha. Me deixou com vontade de ler e não me mandou nenhu spoiler xD

    www.cantaremverso.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grazi, adoro thrillers também. Acho que é meu gênero preferido! Adoro tentar adivinhar o final, é emocionante ahaha

      Beijooos e seja sempre bem-vinda!


      Excluir
  7. Que resenha incrível! É tão gostosa de ler!! Fiquei com mais vontade de ler A Garota no Trem e já vou ler seu post sobre o Kindle porque estou com bastante vontade de comprar um.
    Beijos!
    <a href="http://virtualcheckin.blogspot.com>Check-in Virtual</a>

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Liviaa, obrigada *.* fico muito feliz que vc tenha gostado da resenha.
      De verdade, fazia muuuito tempo que eu não gostava de um livro assim!

      Beijos

      Excluir
  8. Só pela resenha já tive uma ideia do quão irritada eu também ficaria com a Rachel. Acho que ela estava tão obcecada com a vida deles e pela falta de agito e ânimo da dela que achou que não faria mal se meter na história do desaparecimento. Tenho muita curiosidade no que vai dar tudo isso, mas acho que vou esperar primeiro o filme!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, tudo bom? Eu prefiro ler o livro antes do filme. Já fiz o contrário e me dava mt raiva pq eu já sabia de tudo o que ia acontecer kk Mas isso vai de pessoa pra pessoa, não é?

      Beijão!

      Excluir

Obrigada pela visita!
Sua opinião é muito importante para nós!
Deixe aqui o link do seu blog que retribuirei a visita. Beijos ;*


Personalizado por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo